Arquivo da tag: abnt

Empresa comercializa normas da ABNT a partir de R$15,00 pela WEB

A Target Engenharia e Consultoria, provedora de informações tecnológicas, está comercializando normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) a partir de R$ 15,00 há cerca de uma semana pelo seu portal na web.

Segundo aviso legal divulgado pela empresa em seu site, todas as normas técnicas brasileiras que a Target disponibiliza aos seus usuários são adquiridas legalmente do órgão normalizador brasileiro – ABNT, sendo sua procedência e integridade garantidas através de Certificação ISO-9001, reconhecida pelo Inmetro e por Organismos Estrangeiros.

Continue lendo em http://construcaomercado.pini.com.br/negocios-incorporacao-construcao/construcao/empresa-comercializa-normas-tecnicas-a-partir-de-r-15-310900-1.aspx

Novas regras para reformas e obras em edificações – ABNT NBR 16.280

A ABNT publicou no dia 18 de março a norma 16280:2014 que consiste no sistema de gestão de reformas em edificações e entra em vigor a partir do dia 18 de abril.

A norma diz que toda reforma de imóvel que altere ou comprometa a segurança da edificação ou de seu entorno precisará ser submetida à análise da construtora e do projetista, dentro do prazo da garantia do imóvel (decadencial). Após este prazo, será exigido laudo técnico assinado por engenheiro ou arquiteto. E o síndico ou a administradora, com base em parecer de especialista, poderão autorizar, ou proibir a reforma, caso entendam que ela irá colocar em risco a edificação.

Leia completo em http://www.caudf.org.br/portal/index.php/m-imprensa/745-nbr-16280-entrara-em-vigor-no-proximo-dia-18.html

Veja também: http://www.caurj.org.br/?p=11337

Veja o vídeo da palestra oferecida na sede do CAU RJ sobre essa norma, que aconteceu no dia 09 de abril:

Link da palestra no site do CAU/RJ: http://www.caurj.org.br/?p=11477

Workshop realizado pelo Grupo de Normas Técnicas da AsBEA

O AsBEA disponibilizou em sua página o arquivo da apresentação do Workshop realizado pelo seu Grupo de Normas Técnicas, que dá uma visão geral da Norma de Desempenho, e os principais aspectos da norma que envolvem, entre outros, o desenvolvimento dos projetos de Arquitetura, coordenação de projetos e responsabilidade social dos Arquitetos.

Para ver a notícia: http://www.asbea.org.br/escritorios-arquitetura/noticias/mais-uma-vez-o-workshop-realizado-pelo-grupo-de-normas-298462-1.asp

Para baixar o pdf: http://www.asbea.org.br/cApp/programas/download.asp?aid=298462&fid=343

Grupo da ABNT está estudando a criação de norma de inspeção predial :: PINI

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) instalou no início do mês uma Comissão de Estudo de Inspeção que pretende criar uma norma com um critério técnico único para a realização das inspeções de edificações.

O objetivo da comissão é complementar a NBR 5.674 – Manutenção de edificações – Requisitos para o sistema de gestão de manutenção e estabelecer os padrões mínimos de desempenho equivalentes aos das construções novas, de acordo com a NBR 15.575 – Edificações habitacionais – Desempenho. Deverá também ser incluído no texto pontos levantados pelas demais entidades do setor, autarquias e instituições diversas como, por exemplo, o Corpo de Bombeiros.

O texto-base inicial será apresentado à sociedade nas próximas semanas e a previsão de término dos trabalhos é o final desde ano.

Leia completo em http://www.piniweb.com.br/construcao/legislacao/grupo-da-abnt-esta-estudando-a-criacao-de-norma-de-288159-1.asp

Convênio do CAU com a ABNT :: Norma 15.575

O CAU/BR está prestes a assinar um convênio com a ABNT para oferecer a arquitetos e urbanistas registrados, acesso gratuito às normas em todas as suas sedes e ainda 50% de desconto na aquisição das normas. O convênio prevê, inclusive, a participação do CAU na construção das normas ligadas à Arquitetura e Urbanismo.

:::::

Já que estamos falando em normas,  a ABNT publicou no dia 19 de fevereiro desse ano, a versão revisada da NBR 15.575 – Edificações habitacionais – Desempenho. A principal alteração foi o aumento a sua abrangência, já que deixa de abordar apenas os edifícios de até cinco pavimentos e passa a tratar de todos os novos edifícios residenciais.

A norma estabelece parâmetros técnicos para vários requisitos importantes de uma edificação, como desempenho acústico, desempenho térmico, durabilidade, garantia e vida útil, e determina um nível mínimo obrigatório para cada um deles. O desempenho do edifício pode ser classificado como: mínimo, intermediário e superior, e deve ser definido já na fase de projeto.

Seu atendimento será obrigatório para edificações novas a partir de 19 de julho e deverá gerar alterações no modo de atuação de todo o segmento da construção civil. Exigirá maior conhecimento por parte dos arquitetos, engenheiros de cálculo, de instalações, paisagistas, arquitetos de interiores, fornecedores, etc.

A Norma também tem como características estabelecer as responsabilidades de cada um dos atores ligados a uma edificação – construtores, incorporadores, projetistas, fabricantes de materiais, administradores condominiais e os próprios usuários. Fica claro o compartilhamento da responsabilidade sobre a edificação ao longo do tempo.

A Norma contém seis partes:

Requisitos Gerais (NBR 15.575-1);

Sistemas estruturais (NBR 15.575-2);

Sistemas de pisos (NBR 15.575-3);

Sistemas de vedações verticais internas e externas (NBR 15.575-4);

Sistemas de coberturas (NBR 15.575-5);

Sistemas hidrossanitários (NBR 15.575-6).

Interessados podem adquiri-la pelo site www.abnt.org.br/catalogo – preço total R$ 810,80.

:::::

Para facilitar o atendimento à norma, contribuir com a sua disseminação junto ao público e possibilitar uma melhor compreensão sobre as principais definições quanto ao tema do desempenho, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic) lançará no mês de abril um Guia Orientativo, patrocinado pelo Senai, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e pela empresa Geo-Gestão Imobiliária. O guia contará com resumos, comentários e recomendações aos coordenadores de obras e de projetos, técnicos, engenheiros, arquitetos, empresários (construtores e incorporadores), estudantes e demais agentes da cadeia produtiva. Será distribuído pelos diversos Sindicatos da Indústria da Construção e também estará disponível para download.

As organizações também estão convidadas a participar de um evento de capacitação a ser promovido brevemente pela Cbic quanto à aplicação da norma.

Fontes:

animacustica.com.br – Norma de desempenho NBR 15575 atualizada

www.asbea.org.br – Os desafios da Norma de Desempenho ABNT 15575

www.isoline.com.br – ABNT publica a NBR 15575 de desempenho de edificações habitacionais.

www.abnt.com.br

www.caubr.org.br – Nova versão da Norma de Desempenho de Edificações é publicada

paraconstruir.wordpress.com – Guia Orientativo para Atendimento à NBR 15575 Norma de Desempenho

paraconstruir.wordpress.com – NBR 15575, Norma de Desempenho, enfim o texto final publicado!