Criação de banco de dados de espécies de plantas nativas do Estado do Rio de Janeiro para Paisagismo Sustentável

Uma das estratégias do Paisagismo Sustentável  é o uso de plantas nativas da região em que se está  implantando o projeto. Além de aproveitar a beleza da natureza local, o uso dessas plantas garante a manutenção da biodiversidade da região e proporciona alimentação própria para a fauna local, inclusive para insetos que ajudam no controle das pragas. Essas plantas se adequam mais facilmente ao regime de chuvas da região, diminuindo o consumo de água potável para irrigação.

Outro grande benefício do uso de plantas nativas é o cultural: a adoção  dessas plantas no paisagismo coloca as pessoas em contato com a natureza original da região em que habitam, o que muitas delas desconhecem.

Esse banco faz parte da estratégia de se construir um paisagismo sustentável, onde lista espécies de plantas da flora nativa do estado do Rio de Janeiro, lembrando que o Rio de Janeiro está totalmente inserido no bioma Mata Atlântica.

Continue lendo em Banco em construção.

Artigo: Estudo das cores

Eu sou fascinada pela matemática que há na composição da escala de cores. Podemos compor qualquer cor no computador, usando as 3 escalas: matiz, saturação e iluminação. As matizes são a escala de todas as cores que existem: começam no vermelho, passam pelo laranja, amarelo, verde, azul, roxo, magenta,  e voltam ao vermelho.

Continue lendo em http://www.arquilog.com.br/estudo-de-cores/