TCC MBA :: Aplicacação de critérios do LEED à projetos de interiores

Em julho de 2015, entreguei meu Trabalho de Conclusão do MBA de Construções Sustentáveis, cujo tema foi:

APLICAÇÃO DE CRITÉRIOS DE SUSTENTABILIDADE DO LEED A PROJETOS E OBRAS DE REFORMAS DE INTERIORES DE APARTAMENTOS

Segue abaixo o resumo do trabalho:

A reforma de apartamentos em edificações antigas é uma oportunidade valiosa para a implantação de ações que trarão sustentabilidade ao imóvel. A presente pesquisa exploratória analítica descritiva cria um roteiro de estratégias para projetos e obras de reformas de interiores, seguindo os critérios de sustentabilidade da versão 4 do LEED. Inicialmente o trabalho avalia os 175 créditos e pré-requisitos, resultando em 37 aplicáveis a reformas de apartamentos. Desses, 16 são selecionados e estudados e geram 25 estratégias de sustentabilidade. Para criar essas estratégias, são pesquisadas soluções que diminuam o impacto da obra no meio-ambiente e o custo operacional do imóvel. Buscam-se, então, bases na literatura do LEED, nas abordagens e implementações do Guia Rápido do Referencial GBC Brasil Casa, nos programas brasileiros de eficiência energética, nas normas técnicas brasileiras, e também na experiência profissional da autora deste trabalho. Como resultado, propõe-se atingir um alto nível de desempenho construtivo e humano através da estratégia da categoria Projeto Integrado; controlar a emissão de poluição ambiental e luminosa e diminuir a intervenção no bioma local através das estratégias propostas na categoria Espaços Sustentáveis; reduzir o consumo de energia elétrica, de água e de gás, capacitar os moradores e proprietários a manter o desempenho esperado do imóvel, buscar equipamentos e a distribuição de água quente eficientes, obter a eficiência energética dos equipamentos eletroeletrônicos e diminuir o consumo de energia da iluminação, através das estratégias da categoria Energia e Atmosfera; reduzir o consumo de água do imóvel através das estratégias propostas na categoria Uso Eficiente da Água; minimizar o consumo de recursos naturais através das estratégias propostas na categoria Materiais e Recursos; reduzir a poluição do ar interno do imóvel através das estratégias da categoria Qualidade Ambiental Interna e adotar novas abordagens para contribuir com a prática sustentável da Arquitetura de Interiores através da estratégia proposta na categoria Inovação. Os profissionais da construção civil ainda têm muito a aprender e experimentar sobre a sustentabilidade dentro de suas áreas de atuação, e devem sempre buscar novas tecnologias que os ajudem a incorporar esses conceitos em seus projetos e obras. Essas são atitudes importantes para a preservação dos recursos do nosso planeta para as futuras gerações.

Palavras-chave: Sustentabilidade. LEED. Arquitetura. Interiores. Reformas.

Deixe uma resposta