Espécies de plantas nativas do estado do Rio de Janeiro :: Heliconia angusta

Falsa ave do paraíso
(Heliconia angusta)

Um dos preceitos do paisagismo sustentável é o uso de espécies de plantas nativas da região onde se está implantando o projeto. O uso de plantas nativas garante a manutenção da biodiversidade local e evita a introdução de plantas exóticas ou as chamadas invasoras no nosso ecossistema.

O Rio de Janeiro está inserido no bioma da Mata Atlântica, tendo inúmeras espécies fabulosas que podem ser usadas no nosso paisagismo. Mas lembre-se, as plantas devem ser sempre adquiridas em produtores responsáveis. Nunca deve-se colher plantas diretamente de nossas florestas, pois muitas dessas plantas se encontram em extinção na natureza.

A Heliconia angusta é uma espécie de heliconia endêmica do Brasil, ocorrendo exclusivamente na mata atlântica dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espirito Santo, Minas Gerais e Bahia. No paisagismo é muito admirada pelas cores exuberantes de suas flores, e é utilizada em jardins formando conjuntos ou ao longo de muros. Deve ser cultivada em solo fértil e bem drenado, e a meia sombra, ou seja, numa área que receba pelo menos 4 horas de sol direto por dia.

Mônica Fischer
Arquiteta e Paisagista
Especialista em Construções Sustentáveis
Consultora GBC Brasil Casa®
mf@arquilog.com.br
(21) 99159-7817

Fonte: JBRJ :: Foto: Wikipedia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *