Artigos Paisagismo

Avenida Santo Amaro perde sua árvore gigante, a falsa-seringueira, que foi cortada pelo Metrô

Gente, eu fiquei impressionada! Em uma época que estamos atingindo um estágio elevado de conscientização da importância da preservação do meio ambiente, principalmente dentro das nossas cidades e principalmente dentro da cidade de São Paulo, uma cidade carente de verde, a gente se depara com uma notícia dessas!!!

Nem precisava da pressão popular e do Movimento Seringueira Livre no Facebook para evitar que isso acontecesse. Não precisava! Mas aconteceu!

Abaixo as fotos da matéria do blog Árvores de São Paulo, da ação do Metrô de corte da enorme falsa-seringueira (Ficus elastica – Moraceae, espécie originária da Ásia) que vivia há pelo menos seis décadas no canteiro central da Avenida Santo Amaro perto do cruzamento com a Avenida Roberto Marinho (antigo córrego das Águas Espraiadas).

Caminho da destruição em fotos de Estela Carvalho e Elisa Quartim
Em 2010, com sua copa impressionante em foto do fotógrafo Jan Van Bodegraven

E eu concordo com a matéria quando diz que alegar que a árvore não era uma espécie nativa é absurdo!

Leia a matéria completa em http://arvoresdesaopaulo.wordpress.com/2013/10/04/avenida-santo-amaro-perde-sua-arvore-gigante-a-falsa-seringueira-que-foi-cortada-pelo-metro/?blogsub=confirming#blog_subscription-3

Jardins verticais

Você conhece Patrick Blanc? Ele é um simpático botânico francês apaixonado pela  natureza e que viaja pelo mundo construindo jardins verticais que são verdadeiras obras de arte.

patrick-blanc-forest-bali-march-2013

A intenção dele é trazer de volta a conexão do homem da cidade com a natureza, já que cerca de 3,5 bilhões de pessoas vivem atualmente nas cidades sem nenhum contato com ela. Esses jardins, lembra ele, trazem um monte de benefícios para os municípios, como ar mais limpo, clima mais ameno, aumento da umidade do ar e redução do barulho, já que as plantas são ótimas isolantes acústicas. As especies de plantas são cuidadosamente escolhidas de acordo com as condições do local.

Apenas a cidade de São Paulo, em toda América do Sul, teve a sorte de receber um jardim de Patrick: um grande painel verde no prédio da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP)

patrickblanc-faap-exhibition-cretaceous-spirals-sao-paulo
Jardim Vertical – Fundação Armando Alvares Penteado – São Paulo

No site de Patrick http://www.verticalgardenpatrickblanc.com você encontra mais fotos dos jardins que ele fez espalhados pelo mundo. Aliás assim que você acessa o site, você já se sente num jardim!